0

Por que estimular o hábito de leitura em crianças?

A escritora e professora Lilian Menenguci mostra formas simples de apresentar o universo da literatura e iniciar o hábito de leitura em crianças


Para muitos escritores e escritoras o hábito de leitura em crianças começou justamente própria na infância, vendo os pais ou avós lendo. Esses adultos, aos poucos, foram mostrando os universos dos livros para eles e elas. Pensando nessas histórias, a escritora e professora Lilian Menenguci separou algumas dicas para mostrar, especialmente por que o hábito de leitura em crianças pode ser um momento divertido e afetuoso para toda a família.

A primeira dica é muito simples!

Ela tem a ver com a história do início do hábito de leitura em crianças e de muitos escritores e escritoras: seja um exemplo de leitor para a criança. As crianças se espelham nos adultos e ver você carregando um livro vai gerar curiosidade nelas.

Outra dica importante está relacionada com a escolha do livro de acordo com a faixa etária da criança.

“É importante considerar as características do processo de aprendizagem e desenvolvimento da criança para a escolha de um livro para ser lido com elas. Mas deixe ela participar dessa escolha também, dê opções de histórias e peça que ela decida pela que gostar mais”, explica a escritora Lilian Menenguci.

dicas para aprender a estimular o hábito de leitura em crianças

Quando devo estimular o hábito de leitura em crianças?

A hora da leitura deve ser um momento leve e divertido. A escritora aconselha a organizar um tempo no dia e um lugar especial na casa para ler com a criança.

“Nesse momento, além da história, é preciso instigar a curiosidade da criança, por isso, comece provocando seu interesse pelo livro a partir da capa, aproveite e apresente o autor e o ilustrador também”.

Leia o livro antes sozinho. Dessa forma, você vai saber como explorar melhor a história e contextualizá-la à sua rotina, comparando situações do livro com situações já vividas pela criança. Essa dica já é o gancho para a próxima dica que é explorar a sua criatividade na leitura.

Na hora de ler, sinta-se livre para fazer vozes diferentes, cantar, provocar
sensações, interpretar os sentimentos descritos. Para isso, assista a vídeos de
contadores de história, há centenas deles na internet que podem inspirar ou servir de entretenimento para você estimular o hábito de leitura em crianças.

“Brinque com o som das palavras e estimule a criança a mudar o final da história para se sentir ainda mais dentro dela”, sugere Lilian.

E para finalizar, aproveite o dia das crianças e dê livros de presente.

“Em nosso processo cultural é muito comum presentear as crianças com brinquedos. Já com livros, isso não acontece na mesma frequência. Então, para ampliarmos e fortalecermos o hábito de leitura em crianças pequenas, importante que comecemos com e pelos adultos. Afinal, somos nós, adultos (familiares, amigos e professoras), que fazemos a ponte entre a criança e o livro. E isso, sem dúvida, pode ser muito divertido”.

5 dicas para estimular o hábito de leitura em crianças:

  1. Ande sempre com um livro, crianças se inspiram nos adultos
  2. Mostre o livro em um ambiente leve e divertido
  3. Contextualize a história com situações da rotina da criança
  4. Use toda a sua criatividade para contar a história
  5. Dê livros de presente

 

Conheça a escritora Lilian Menenguci 

Lilian Menenguci é capixaba, professora e escritora. Para o público infantil, escreveu: Os Medos de Lili, Casa de Papel e A Criança Mágica. Publicou também Palarvas de Borboletras e Grão, ambos de poesia.

É Doutora em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Na área, lançou “Educação, Educação Especial, Inclusão e Arte: para além do chão e dos muros da escola comum” e organizou “Memórias de Alfabetização: narrativas sobre aprender a ler e a escrever” e assina diversos artigos e capítulos de livros.

Como atriz, já trabalhou em mais de uma dezena de espetáculos e também no filme “Agrados para Cloê” de Jeffe Pinheiro. Seu texto “Um pouco mais da metade”, criado a partir do projeto ‘Outras Tramas’, publicado na coletânea homônima, marca sua estreia na dramaturgia.

Na última década, além de estimular o hábito de leitura em crianças, também idealizou e coordena uma série de ações voltadas para o fomento da literatura: o projeto ‘Livros Gigantes’, a websérie ‘Com a Palavra’ e o projeto ‘Conta Conta’ de Contação de Histórias. Também integra a Rede Nacional de Leitura Inclusiva, atuando na formação continuada de profissionais da Educação.

Conheça seus livros infantis e estimule o hábito de leitura em crianças

Os medos de Lili

(2012, Editora Cousa)
Ilustração de Gê Viana e Ligia Yamaguti

A obra traz a história da pequena Lili. Uma menina que tem medo da chuva, de trovões, de raios, relâmpagos e do escuro. A pequena treme de medo sempre que isso acontece. A avó Maria é uma espécie de porto seguro no qual Lili se sente protegida. A partir desse vínculo, a pequena vai aprendendo a lidar com seus medos. Enquanto ela cresce, eles vão ficando menores que ela.
Indicação

Educação Infantil e 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental
*Alfabetização inicial na perspectiva do letramento.

 

Casa de Papel

(2012, Editora Cousa)
Capa de Gê Viana e ilustrações de Gustavo Machado

É uma tentativa de habitar poeticamente o mundo. São 20 poemas ilustrados. Com isso, autora, ilustrador e leitores seguem brincando e reinventando múltiplos papéis. Os textos, as ilustrações, os ritmos e as sonoridades são resultados das primeiras curiosidades e invencionices de cada um(a) de nós. Cada página-poema do livro é um cômodo. Em casa de papel, leitoras e leitores são convidados a arquitetar sua maneira de brincar com as palavras e, com elas, criar mundos.

Indicação
Educação Infantil e 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental
*Alfabetização inicial na perspectiva do letramento

 

A Criança Mágica

(2017, Editora Cousa)
Ilustrações de Rosaria

Uma criança que brinca com tudo o que pode por as mãos ou o pensamento,
independentemente da sua forma de ser e estar no mundo. Uma criança que tem o poder único de transformar tudo aquilo que está à sua volta no que bem entender é a tônica deste livro. Elementos como a imaginação, a fantasia, a criatividade e a curiosidade marcam a narrativa poética e visual dessa obra. Entre outras coisas, dispositivo para acionar o mundo simbólico das crianças que fomos e com as quais também convivemos. A obra, ode à criatividade.

Indicação Educação Infantil e 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental
*Alfabetização inicial na perspectiva do letramento.


A pauta de estimular o hábito de leitura em crianças surgiu da assessoria de imprensa de Livros por Lívia.

Gostou desse conteúdo? Então nos ajude a manter o site vivo entrando para o Odisseia Club. Seja um apoiador da Odisseia e acompanhe tudo sobre filmes, séries, games, músicas e muito mais.

Riviera | Série com Julia Stiles no Globoplay já possui 2ª temporada

Previous article

The Crown | Tudo que sabemos sobre a 4ª temporada da série na Netflix

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Livros e HQs