AODISSEIA
TOP 15

TOP 15: Piores Filmes de 2015

30 de dezembro de 2015 - 11:00 - Flávio Pizzol

Passado o Natal, chega aquela época onde lembramos com carinho de tudo de bom que nos aconteceu e tentar esquecer tudo de ruim que se passou em 2015. E é claro que nós vamos esse mesmo exercício com os filmes de um ano que não superou minhas expectativas. Muitos filme bons que não conseguiram ultrapassar a lista dos ótimos e vários ruins que não entraram para os péssimos.

Acabou que isso nos atrapalhou na hora de fechar a lista (que dessa vez vai ter 15 nomes) e nos obrigou a apelar para filmes que não foram tão ruins e outros que apenas decepcionaram bastante. Dito isso, vamos ao nosso resultado:

15) A Colina Escarlate

A Colina Escarlate também é um bom exemplo de filme que está aqui para preencher a lista. O longa tem um apuro técnico de encher os olhos, mas isso é um muito pouco para um trabalho de Guillermo Del Toro, principalmente quando ele faz escolhas problemáticas. No fim das contas, pode-se resumir sua posição nessa lista em uma palavra: decepção.

14) Quarteto Fantástico

O novo longa do Quarteto Fantástico já é bem inferior aos outros dois. Ele até começa bem e não é aquele horror todo que a maioria das pessoas falou, no entanto muito pouco pode ser salvo dentro de um roteiro instável e ruim. E para completar, a sensação só piora quando você revê.

13) Mr. Turner

Esse aqui (que também foi indicado ao Oscar) garantiu seu lugar por um motivo bem específico. Com toda certeza é um dos filmes mais bonitos do ano, mas isso não impede de ser extremamente chato. Bela fotografia e boas atuações, mas o desenvolvimento é mais do que lento e a direção não tenta fazer os 150 minutos passarem um pouquinho mais rápidos.

12) A Entrevista

O grande hype gerado pela raiva da Coréia do Norte e pelo vazamento dos e-mails da Sony garantiu que o filme tivesse um retorno financeiro razoável. Dito isso, garanto que isso foi a única coisa que salvou um filme apelativo e praticamente sem graça de ser um fracasso total. Depois de fazer É o Fim (que eu considerei um dos melhores de 2013), Seth Rogen e James Franco escorregaram feio aqui.

11) SOS Mulheres ao Mar 2

Mais uma comédia brasileira nascida de um roteiro fraco e recheada de piadas ruins ou de momentos que apelam para o lado sexual da vida. Um filme que é típico do nosso cinema e faz muitas pessoas rirem nas salas, mas isso também o impede de ser muito ruim.

10) O Destino de Júpiter

Depois de Matrix, os Irmãos Wachowski erraram bastante e esse é mais um desses trabalhos. O roteiro até tem uma premissa interessante e alguns bons questionamentos, entretanto isso não é o bastante para segurar um filme cheio de clichês, atuações fraquíssimas e efeitos que não são nada inovadores.

9) Busca Implacável 3

O primeiro filme da trilogia é bem legal, o segundo é apenas agradável e o terceiro se perde totalmente em uma direção confusa, um roteiro repetitivo e um estilo que já ficou completamente desgastado. A única coisa que salva é o carisma de Liam Neeson…

8) Pixels

Um filme que garantiu sua vaga nessa lista nos últimos instantes por ser mal escrito e completamente sem graça. A nostalgia dos games oitentistas até funciona bem, mas não é o suficiente para salvar o filme de ser um desastre quase total.

7) O Garoto da Casa ao Lado

Esse filme também só consegue salvar a sua protagonista, porque Jennifer Lopez continua batendo um bolão no auge dos seus 45 anos. Mas você pode ter certeza que isso não consegue tirar dessa lista um suspense meia boca e previsível que só poderia ser exibido nas altas madrugadas do Supercine…

6) Mortdecai – A Arte da Trapaça

A partir desse ponto começa a ficar bem mais difícil salvar alguma coisa dos filmes. E para começar nada melhor (ou pior…) do que essa pérola que aposta em um roteiro confuso, em um Johnny Deep mais afetado do que em qualquer piratas do Caribe e, principalmente, em piadas que não tem nenhuma graça.

5) O Imperador

Claro que uma lista de piores do ano não poderia existir sem a presença do Rei Nicolas Cage. Dessa vez, ele tentou (ao lado do fraquíssimo Hayden Christensen) fazer um filme de ação com proporções épicas, mas se perdeu em tudo, inclusive em um mapa geográfico que não tem nenhum sentido.

4) Cinquenta Tons de Cinza

Um livro fraco, uma adaptação ruim e um filme pior ainda. Se você for muito bonzinho pode salvar a fotografia e a trilha sonora desse filme, mas isso ainda não conseguiria tirar ele da lista de piores do ano. Sinceramente, nem preciso falar muito.

3) O Sétimo Filho

É incrível perceber que os produtores de filmes não aprendem com os erros dos colegas, já que essas listas repetem muitos aspectos ruins. No caso de O sétimo Filho, encontramos mais um roteiro repetitivo, bons atores desperdiçados e efeitos especiais mais falsos que nota de 50 centavos.

2) American Ultra – Armados e Alucinados

Um roteiro que não consegue equilibrar comédia e ação, muitos personagens caricatos e clichês, uma direção completamente perdida e um bom elenco jogado fora. Resultado: muito tempo perdido.

1) Ted 2

O primeiro filme do ursinho de pelúcia deu o que falar e respondeu de maneira satisfatória, mas essa continuação é totalmente fraca e desnecessária. Eu até gosto do humor de Seth MacFarlane, mas dessa vez ele apela de mais para o escatológico, perde muito tempo com piadas sem graça sobre maconha e ignora muitas participações com potencial. Deplorável!