TOP 15: Melhores Filmes de 2015

, TOP 15

Como já dissemos no post anterior, o balanço do ano revelou uma enxurrada de filmes medianos que não tinham defeitos suficientes para entrar na lista dos piores nem qualidades razoáveis para garantir uma vaguinha aqui. Isso fez com que tivessemos certa dificuldade para encontrar os 15 merecedores, principalmente quando bate o arrependimento de ter dado nota máxima para alguém que não merecia. Mesmo assim, chegamos a um resultado e vamos a ele:

15) Vício Inerente

O primeiro filme a ocupar seu devido lugar é o último – e mais diferente – longa do brilhante diretor Paul Thomas Anderson. Uma história surpreendentemente divertida, as atuações marcantes de Joaquin Phoenix e Josh Brolin e uma grande quantidade de aspectos técnicos bem realizados são os pontos que garantiram o lugar desse longa por aqui.

14) O Sal da Terra

Indicado ao Oscar, esse ótimo documentário merece estar aqui simplesmente por ter acompanhado muitos anos de desventuras do grande fotógrafo (quase capixaba) Sebastião Salgado. Uma mistura interessante entre a visão de um filho e de alguém de fora, representado por Wim Wenders, que revela muitos pontos desconhecidos de um mundo diversificado e mais rico do que imaginávamos em todos os quesitos.

13) O Conto da Princesa Kaguya

Mais uma animação marcante do estúdio Ghibli, essa adaptação de uma famosa lenda japonesa não é nem um pouco comum dentro de um circuito mais amplo. Mas, por incrível que pareça, sua narrativa lenta e seu traço artesanal são justamente os aspectos que mais chamam a atenção e garantem sua doce presença aqui.

12) Que Horas ela Volta?

Nesse momento em que escrevo esse post, a maior esperança do Brasil no Oscar já foi pro brejo, mas isso não foi o bastante para tirar esse longa daqui. Um roteiro que mistura comédia, drama e críticas sociais de uma maneira sutil, sempre se apoiando nas incríveis atuações de Regina Casé (realmente não esperava que iria ver isso) e Camila Márdila.

11) Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

Esse não é o meu filme favorito do Oscar 2015, mas não foi premiado injustamente e merece ser reconhecido aqui também. O roteiro acaba sendo um pouco raso, mas o retorno triunfal de Michael Keaton e a direção repleta dos meus tão amados planos-sequência são motivos mais do que suficientes para encaixá-lo aqui.

10) O Jogo da Imitação

Nem todo mundo gostou desse filme, mas desde o início do ano o longa sobre Alan Turing me chamou atenção e já deixou seu lugar nessa lista muito bem reservado. Eu não tenho como negar que fiquei de boca aberta com a gloriosa atuação de Benedict Cumberbatch e com um roteiro atemporal que fugia completamente do que seria esperado de uma cinebiografia.

9) Ponte dos Espiões

Não é o melhor filme desse mestre, mas é um retorno digno de Steven Spielberg ao hall dos melhores do ano. Os destaques ficam com um roteiro interessante, atuações muito boas de Tom Hanks e Mark Rylance e, logicamente, uma direção soberba, que já faz o filme valer a pena em sua primeira cena.

8) Ex-Machina

Um filme que estreou em pouquíssimos cinemas brasileiros e merecia ser mais reconhecido. Uma ficção científica hardcore que faz uma leitura interessante da sociedade através de um roteiro cheio de reviravoltas, uma direção inteligente e, principalmente, atuações de tirar o fôlego de qualquer um.

7) Perdido em Marte

Fotografia perfeita, atuação segura de Matt Damon, roteiro surpreendentemente engraçado e um retorno triunfal de Ridley Scott na direção de ficções científicas. Acho que isso já é motivo suficiente para colocar Perdido em Marte e torcer para vê-lo em várias categorias do Oscar.

6) Divertida Mente

Eu só preciso falar uma coisa para justificar a presença desse filme aqui: ele é fruto da imaginação da Pixar. Um roteiro extremamente criativo, um design de personagens genial e um misto de risos e choros que só a eles sabem fazer. Não deixe de assistir!

5) Sicário: Terra de Ninguém

Na minha opinião, Dennis Villeneuve é um dos melhores diretores que surgiram nos últimos anos e ele só reforçou isso ao entregar seu melhor filme em Sicário. Roteiro interessante, um trabalho de câmera sufocante e atuações que mereciam um lugar no Oscar, principalmente quando falamos de Emily Blunt e Benicio Del Toro.

4) Star Wars – O Despertar da Força

Depois de tanto tempo, um retorno triunfante e muitos recordes de bilheterias, O Despertar da Força não poderia ficar de fora dessa lista. Uma bela homenagem ao filmes clássicos e um bom recomeço para a franquia com reviravoltas emocionantes, cenas de ação espetaculares e novos protagonistas cativantes. E, é claro, o BB8!

3) Kingsman – Serviço Secreto

Um filme que conquistou muitas pessoas com uma história diferente, escolhas de elenco inesperadas e algumas das cenas de ação mais surtadas dos últimos anos. Ser uma grande homenagem aos filmes de 007 dos anos 60 com seus vilões caricatos sem esquecer de aproveitar um bom roteiro foi um dos motivos que garantiram a vaga de Kingsman aqui.

2) Whiplash – Em Busca da Perfeição

Mais um filme que reservou seu lugar nessa lista desde de janeiro e surpreendentemente ganhou posições quando foi revisto. Roteiro e direção sensacionais, atuações brilhantes (principalmente do vencedor do Oscar, JK Simmons) e uma ambientação sonora que é uma das melhores coisas dos últimos dez anos.

1) Mad Max – Estrada da Fúria

Da mesma forma que Kingsman, Mad Max é um filme que sabe o seu lugar e aposta em cenas de ação surtadas sem esquecer de um roteiro minimamente razoável. Um filme de ação honesto e praticamente perfeito que ainda ganha mais lugares por conta de uma fotografia genial e uma direção espetacular de George Miller. Pode ir correndo assistir!

Deixe uma resposta