AODISSEIA
Especial

Odisseia na CCXP: O sublime painel de Maurício de Sousa

MSP é um estúdio totalmente brasileiro, que não deve em nada para qualquer outro no mundo

11 de dezembro de 2017 - 21:57 - felipehoffmann

Maurício recentemente foi tema do nosso podcast. Gravamos sobre suas tirinhas e como elas viraram o grande império que hoje é a Maurício de Sousa Produções e você pode escutar aqui.

Ano passado, a MSP já tinha surpreendido o público com um super painel, recheado de novidades quentinhas e ambições nunca antes vistas para um estúdio brasileiro de desenhos e animações. Esse ano, eles não poderiam deixar a bola parar de quicar. E não deixaram. Pegaram a redonda e chutaram pra cima, como se quisessem alcançar os céus, lugar onde a Maurício de Sousa Produções pretende chegar.

Maurício estava la, todo pompa, como um mestre deve estar. Sentava no meio, ao lado da filha, do neto e com a calma que seus 82 anos representa para a cultura brasileira, aplaudia cada novidade como se fosse uma pessoa na plateia, brilhando os olhos e talvez sentindo que o que criara década atrás, tenha se tornado algo maior que ele mesmo nunca havia imaginado.

 

 

Sidney Gusman, idealizador do sucesso das graphic novels da MSP levou ao palco três novos artistas que irão criar novas histórias dos personagens de Maurício. Gustavo Borges, um jovem desenhista que vem fazendo sucesso com uma HQ chamada Pétalas, vai criar a história de Cebolinha. Jeremias vai cair nas mãos de Rafael Calça e Jefferson Costta. Fabio Coala vai criar Horácio e Danilo Beyruth se encarrega da sequência de Astronauta, já na quarta edição.

No Youtube, Maurício de Sousa é presente com uma frequência assustadora. São 3,5 milhões de views por mês e desses plays todos, mais de 50% da audiência vem de fora. São países da Ásia, Europa, das Américas que consomem o conteúdo da MSP e merecem a atenção que estão recebendo.

 

 

Além das animações da Turma da Mônica e do sucesso da Turma da Mônica Toy, foram anunciados na CCXP mais alguns personagens feitos no estilo Toy. Penadinho, Piteco, Astronauta e uma outra turma, que não foi divulgada ainda, vão ganhar animações próprias nessa mesma pegada simplista. Outra fonte de likes para o canal vai ser a estreia de Vamos Brincar, uma série voltada só para as crianças de até 3 anos, em fase de alfabetização. Feita totalmente em 3D, a animação vai contar com a ajuda de psicólogos e pedagogos nesse desenvolvimento pré-escolar. Fechando com estilo os vídeos no Youtube, rolou também a divulgação de Biduzidos, uma série toda voltada para os pets. Bebendo da fonte de A Vida Secreta dos Bichos, os vídeos vão contar historietas sobre o cotidiano dos animais da Turma.

Depois dessa surra de likes, Daniel Rezende subiu ao palco. O diretor do prestigiado Bingo: O Rei das Manhãs, vai dirigir o filme em live action do sucesso Laços, graphic novel escrita pelos irmãos Victor e Lu Cafaggi. Recentemente, a produção havia divulgado os atores mirins que vão levar vida para Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão, mas não tinha nada sobre a caracterização dos personagens. Daniel revelou em primeira mão o figurino dos quatro atores. E, olha, ficou lindo demais. As filmagens de Laços começam em dezembro de 2017 e vão até fevereiro. O longa tem previsão de estreia para Julho de 2018.

Para o Cartoon Network, dois desenhos novos vão ganhar as telas. Zoeila Never Ends e uma incrível animação da Turma da Mônica Jovem. Zoeila é um traço clássico, daqueles que Maurício fazia no início da carreira. É uma homenagem totalmente justa à história do desenhista que finalmente ganha vida própria. Mônica Jovem foi apenas um teaser, mas um baita teaser. Coisa linda.

 

 

E fechando o combo de coisas inéditas, o painel revelou uma incrível animação para Astronauta, nos traços de Beyruth. Sem maiores detalhes se não essa cena, sabemos que a animação vai ter 6 episódios e o clima de suspense vai ser presente a todo momento.

É emocionante ver o gás que a MSP tem para produzir conteúdo novo a cada ano. São diferentes formas de atingir os mais variados tipos de público. Na CCXP 2017 foi possível ver esse projeto ambicioso se tornando real.

Ao fim do painel, as pessoas aplaudiam de pé toda a soberania de Maurício de Sousa. Com os olhos visivelmente marejados, a câmera focava em seu rosto. Ele olhava para a plateia, sem dizer nada. Suas linhas de expressão deixam claro o peso da idade, mas em cada uma delas, tem um personagem e uma história pra contar. Com 82 anos, Maurício ainda é capaz de emocionar tanto uma criança quanto um marmanjo. E isso é lindo. A simplicidade de suas histórias é o sucesso de um estúdio que pretende voar cada vez mais alto. Obrigado por isso.