AODISSEIA
Séries

Séries: Gotham (2ª Temporada)

25 de Maio de 2016 - 13:31 - Flávio Pizzol

Um novo e grandioso caminho traçado pelos vilões


gotham_return1O início do primeiro ano de Gotham apresentou uma visão diferente para as quase desgastadas adaptações de super-heróis para televisão. Focar sua história na cidade e na jornada de Jim Gordon, um dos personagens coadjuvantes mais reconhecidos dos quadrinhos, era uma atitude interessante, mas o resultado acabou decepcionando. Agora sim, as ideias mudaram de foco, a trama entrou na linha e a segunda temporada evoluiu de forma avassaladora.

Um dos maiores acertos dos roteiristas, comandados por Bruno Heller (The Mentalist e Rome), foi abandonar o típico formato de caso da semana para desenvolver uma história mais linear e contínua que a do seu ano de estréia. E se não tem como diminuir a quantidade gigantesca de episódios exigidos pelos canais abertos, a solução encontrada foi dividir a temporada em duas partes bem claras: o surgimento dos vilões e posteriormente a ira dos mesmos em relação ao protagonista ou à cidade.

Pessoalmente, eu ainda tenho alguns problemas com a continuidade daquele arco corrupto de Jim Gordon, mas o todo incomodou muito menos dessa vez. As decisões tomadas por Gordon ainda parecem ser completamente opostas a sua personalidade correta nos quadrinhos, no entanto esse caminho parece fazer mais sentido graças ao foco dado aos coadjuvantes (Bruce Wayne, Alfred e o Capitão Barnes brilharam em vários momentos) e aos vilões, como o subtítulo da temporada adiantava.

Inclusive, esses últimos são os grandes responsáveis por tornarem as histórias do Batman tão marcantes, logo não mereciam aparecer do nada para serem desperdiçados em apenas um mísero episódio. Apesar da insistência em alguns personagens fracos, o novo formato possibilitou o desenvolvimento de arcos mais poderosos para o Pinguim (Robin Lord Taylor), o Charada (Cory Michael Smith), o Senhor Frio (Nathan Darrow), a Vagalume (Michelle Veintimilla), o possível Coringa (Cameron Monaghan) e o grande Hugo Strange (BD Wong), que roubou todos os holofotes da segunda metade da temporada.

É um fato que isso quase foi perdido no último episódio, quando o roteiro assumiu algumas convenções clichês e optou por finais anti climáticos para dois destes seres malvados. Mesmo com boas cenas de ação, algumas surpresas que fizeram sentido e ganchos interessantes nos últimos minutos, ficou claro que todos eles tem que voltar na já confirmada terceira temporada para resolver algumas pendências. E, de certa maneira, isso é muito positivo.

Outra coisa muito boa é que, além dos muitos acertos do roteiro, Gotham também sabe se virar muito bem no visual. Os ângulos escolhidos são incomuns, os planos sabem como surpreender, a direção de arte mistura o novo e o velho com muita qualidade e a direção de fotografia dá a beleza e o clima noir que a série precisa, mesmo com o pouco dinheiro disponibilizado.

GOTHAM: L-R: Sean Pertwee, Donal Logue and Ben McKenzie in the "Wrath of the Villains: Pinewood" episode of GOTHAM airing Monday, April, 18 (8:00-9:01 PM ET/PT) on FOX. ©2016 Fox Broadcasting Co. Cr: Jeff Neumann/FOX

O conjunto competente entre direção e roteiro faz com que o trabalho do elenco também seja bem mais fácil. Além dos citados interpretes dos principais vilões, o devido destaque também merece ser dado para Ben McKenzie, Donal Logue (sempre hilário), David MazouzCamren BicondovaSean PertweeMichael Chiklis. Até os esquecidos Drew PowellMorena Baccarin (brasileira!),  Chris ChalkNatalie Alyn Lind superaram a falta de destaque e encontram seu lugar ao sol.

Tudo isso contribuiu para uma segunda temporada infinitamente superior ao instável ano de estréia. Não fique pensando aí que Gotham é perfeita, mas os pequenos erros incomodam menos quando tudo esté funcionando bem. Alguns erros permanecem, mas a série parece ter encontrado um caminho que envolve e diverte o público com muito mais ação, desenvolvimento de personagem e surpresas. E digo mais: se esse caminho certeiro realmente estiver ligado aos vilões, podemos esperar uma terceira temporada espetacular com a famigerada Corte das Corujas.


odisseia-07