AODISSEIA
Séries

Séries: Brooklyn Nine-Nine (3ª Temporada)

22 de Abril de 2016 - 13:00 - Flávio Pizzol

Crimes, reviravoltas e muitas risadas


brooklyn_nine_nine_ver3_xlgPegue um pouquinho de Law & Order, misture com Chicago P.D e Duro de Matar, adicione uma pitada de Parks and Recreation, bata tudo no liquidificador com How I Met your Mother e sirva quentinho nas noites de terça-feira com o nome de Brooklyn Nine-Nine. Eu realmente não sei porque nunca escrevi sobre ela e preciso começar me desculpando, afinal estamos falando de uma das melhores séries de comédia que a televisão aberta americana produziu nos últimos anos.

Para quem ainda não conhece essa maravilha criada por Daniel J. Goor e Michael Schur, Brooklyn Nine-Nine (ou B99 para os íntimos) segue o dia a dia de uma divisão da policia de Nova York, liderada pelo aparentemente mal humorado Capitão Holt, com o maior jeitão de sitcom comum. Para a sorte da série e do espectador, o comum fica só nessa frase e B99 vai muito além.

Pra começar, uma das principais características do programa é misturar gêneros, subgêneros, estilos e temas diferentes com muita facilidade, permitindo que a série possa brincar com praticamente tudo que der na telha dos roteiristas. Tudo isso sem esquecer de ser uma comédia policial que deixa um espaço guardado para reviravoltas, homenagens, perseguições elaboradas e, claro, piadas que sabem tirar sarro com essas situações da forma mais bizarra e improvável possível.

Assim, por mais que o cheirinho de novidade tenha passado após a primeira temporada, B99 continua surpreendendo o público com novas revelações sobre seus personagens, parcerias diferentes a cada episódio e um timing cômico que agrada todo tipo de público. Da mesma forma que Anjos da Lei soube fazer muito bem, os roteiristas apostam em piadas rápidas e precisas que ficam bem divididas entre texto ágil e inteligente, aquele corte de câmera que revela algo inesperado e até as piadas físicas e completamente idiotas.

00f57cff18ffa93f10bc51d718733ebe0b8b45ae87ee7ad9d9e927a9567e0e86

Além da ótima utilização de todos esses momentos recorrentes, a terceira temporada também acertou em cheio na decisão de criar um arco maior para encerrar sua temporada e conseguir preparar um final muito mais interessante que os anteriores. Ainda que Adrian Pimento (Jason Mantzoukas) não seja um personagem tão interessante quanto os outros, ele se torna uma adição importante ao desenvolver toda essa história envolvendo máfia, policiais infiltrados e corrupção na polícia que dá espaço para todos os personagens brilharem e culmina em um cliffhanger que pode gerar uma mudança interessante (e temporária) na série.

Dito isso, podemos finalmente falar sobre o elenco mais do que espetacular, que no final das contas é o grande responsável por fazer quase tudo funcionar. Mesmo que alguns membros do grupo não tenham o destaque merecido em todos os episódios, os personagens são muito bons e encontraram os interpretes perfeitos para as bobeiras de Jake Peralta (Andy Samberg), a seriedade hilária de Holt (Andre Braugher), a paranoia de Amy Santiago (Melissa Fumero), a ingenuidade de Charles Boyle (Joe Lo Truglio), as ameças de Rosa Diaz (Stephanie Beatriz), a doçura gigantesca de Terry Jeffords (Terry Crews), a sagacidade de Gina Linetti (Chelsea Peretti) e, finalmente, para as pontas estúpidas de Hitchcock e Scully (Dirk BlockerJoel McKinnon Miller). Isso sem contar as ótimas participações alguns rostos conhecidos do cinema e da televisão, como Kyra Sedgwick, Dean Winters, Eva Longoria, Craig Robinson, Adam Sandler, Ed HelmsDennis Haysbert, Bill Hader Patton Oswalt.

BROOKLYN NINE-NINE: L-R: Terry Crews, Stephanie Beatriz, Amy Santiago, Andy Samberg, Joe Lo Truglio and guest star Jason Mantzoukas  in the “Cheddar” episode of BROOKLYN NINE-NINE airing Tuesday, March 1 (9:00-9:30 PM ET/PT) on FOX.  ©2016 Fox Broadcasting Co. CR: John P. Fleenor/FOX.

O resultado dessa mistura toda é uma série extremamente divertida que consegue prender a atenção e arrancar boas risadas do espectador em todos os episódios (todos mesmo!). Talvez B99 não seja a série perfeita e provavelmente não consiga conquistar todo mundo, mas ela certamente merece uma chance. Se você é daqueles grandes fãs dos filmes de ação dos anos 80 e 90 então, já pode correr, fazer sua maratona e se apaixonar completamente.


 

OBS 1: Os grandes destaques da série, como na maioria das sitcons, são os episódios temáticos. No caso de B99, os melhores são os de Halloween (que dão as caras em todas as temporadas) e os que fazem referências os filmes de ação.

OBS 2: As duas primeiras temporadas já estão disponíveis na Netflix.


odisseia-06