AODISSEIA
Filmes

Rogue One e a beleza de suas criaturas

16 de dezembro de 2016 - 14:01 - felipehoffmann

Durante o painel de Rogue One – Uma História Star Wars, na CCXP 2016, Brian Herring deu vários detalhes de artes e estudos sobre os personagens desse novo filme. Brian é o responsável por dar vida ao tão amado BB-8, aquele simpático robozinho do episódio VII e por participar diretamente na criação visual de algumas criaturas de Rogue One. Veja algumas delas:

Moroff

Moroff lembra bastante Chewbacca, num modelo albino. O Gigoran, sua espécie, é um mercenário que vive em zonas de combate, procurando a melhor oportunidade de ganhar dinheiro. Numa guerra entre Rebeldes e Império, Moroff vislumbra o que lhe é melhor conveniente.  Poderia ter um tempo melhor de tela em Rogue One, contudo na edição final, acabou por ficar um pouco de lado.

 

Rebel Commando Pao

Pao é um anfíbio da espécia Drabata que se une à Jyn e a equipe Rogue One quando essa se dispõe a roubar os planos da Estrela da Morte. Possui uma estatura baixa e um tom de pele verde acinzentado, sendo descrito como um guerreiro feroz. Seu grito de batalha é um sonoro “Sa’Kalla”, o que isso siginfica? Não sabemos, mas que parece nome de youtuber game, parece.

 

K-2SO

É o alívio cômico de Rogue One – Uma História Star Wars. O robô não têm toda a simpatia de um C3PO mas encanta por sua sinceridade e por falar a primeira coisa que vem a sua “mente”. Originalmente ele é um segurança do Império, porém, fora capturado e reprogramado para servir à Aliança Rebelde. Seu pragmatismo dá o carisma necessário a um personagem que lembra bastante o Sheldon de The Big Bang Theory mas com uma precisão bélica incrível.

Shoretroopers

Esses são troopers especializados em locais tropicais, por isso estão em Scarif, local da batalha final de Rogue One. Porém, possuem a mesma pontaria ineficiente dos seus primos. Deve ser pré-requisito, só pode. Shoretroopers são responsáveis por fazer as patrulhas das praias e bunkers das regiões praianas. Suas vestimentas são em tons pasteis, para se misturar ao terreno em que atuam.

Bistan

Bistan está na equipe da Aliança Rebelde que participa do roubo dos planos da Estrela da Morte, em Rogue One. Aparece pouco no corte final, mas no vídeo acima, existe uma cena dentro de uma nave em que o rebelde solta uma risada muito malévola e pra lá de engraçada.

Dentre todas as artes conceituais até a renderização final, impressiona a qualidade histórica dos personagens da franquia Star Wars. São todos muito bem construídos e pensados, com um passado importante e uma história nas costas, independente do seu tempo de tela. Isso ajuda demais quem assume o controle do filme. Uma descrição tão completa dos personagens dá o caminho necessário para uma direção segura e, consequentemente, inclusa dentro do universo em questão.