AODISSEIA
Especial

Inspirações e Referências em Stranger Things

18 de julho de 2016 - 15:00 - Flávio Pizzol

Esse post tem spoilers, obviamente!

 

Stranger Things, a nova série original da Netflix, foi vendida como uma carta de amor aos anos 80 e cumpriu sua promessa com louvor, fazendo milhares de referências a vários clássicos marcantes para essa época tão gloriosa. Os Irmãos Duffer, Shawn Levy e toda a equipe mostraram que realmente beberam das fontes certas (algumas muito mais recentes) para criar a premissa, os personagens e o visual da série, colocando tantos detalhes que nós tivemos que separar um post só para esse assunto. Dito isso, vamos parar de enrolar e falar sobre referências com alguns spoilers!

 

 

  • E.T. – O Extraterrestre (1982)

A série já começa com uma belíssima referência ao filme dirigido por Steven Spielberg, mas não para nas deliciosas pizzas de pepperoni. Basicamente, a Eleven é o ET dentro da trama e Stranger Things deixa isso claro em vários momentos, como a hora que ela precisa se fantasiar ou na própria relação que a mesma desenvolve com o Mike. Um filme clássico que merece ser homenageado!

 

 

  • Poltergeist: O Fenômeno (1982)

Esse terror, dirigido por Tobe Hooper e produzido por Spielberg, marcou época e tem grande importância no estabelecimento do tempo na série, já que o desaparecido Will Byers recebe ingressos para assistir o mesmo no cinema. Além disso, todo o jogo de luzes que antecede a chegada do monstro e aquela cena com o bebê no final do segundo episódio deixam claro que os diretores também amam o filme.

 

lando.0.0

 

  • Star Wars: Uma Nova Esperança (1977) e Star Wars: O Império Contra-Ataca (1980)

Contando com três garotos extremamente nerds como protagonistas, Stranger Things não poderia abrir mão das referências à saga criada por George Lucas. Dessa forma, temos uma enxurrada de referências que passam por bonequinhos, Millenium Falcon levitando e várias brincadeiras com a traição de Lando Calrissian no segundo filme.

 

dungeons-dragons-dice-roller-6275

 

  • Dungeons & Dragons

O RPG de fantasia desenvolvido por Gary Gygax e Dave Arneson é a principal diversão dos protagonistas mirins, aparecendo com destaque nas primeiras e nas ultimas cenas do programa. Entretanto é no meio da trama que o jogo ganha mais destaque graças as ligações feitas com o monstro Demogorgon e a utilização do Vale das Sombras para apoiar o lado científico do mistério central.

 

xm-042

 

  • X-Men

Os quadrinhos dos mutantes da Marvel era um dos grandes sucessos da época e não poderiam ficar de fora das rodas de conversa nerds. No entanto, Strangers Things vai além mais uma vez ao citar a edição 134 no primeiro episódio, sendo que essa é a primeira aparição da Fênix nos quadrinhos. Uma bela referência ao desenvolvimento dos poderes de Eleven e, automaticamente, ao seu sacrifício final.

 

233.Os-Goonies

 

  • Os Goonies (1985)

Outro filme produzido por Steven Spielberg que marcou a infância de muita gente nos anos 80, Os Goonies não são citados por nenhum personagem, visto que não tinha sido lançado ainda. Mesmo assim, o roteiro e a direção da série com certeza se inspirou nessa aventura clássica para desenvolver a paleta de cores central e, principalmente, na relação entre Mike, Lucas e Dustin. Que delícia foi acompanhar toda a sequência da bússola, não é?

 

Close-Encounters-of-the-Third-Kind-254

 

  • Contatos Imediatos do Terceiro Grau (1977)

Pra mudar um pouquinho o disco, Contatos Imediatos do Terceiro Grau foi mais um filme do mestre Spielberg claramente que serviu de inspiração para o desespero das famílias, os primeiros passos do delegado, a base militar do laboratório, a apresentação dos monstros como se fossem alienígenas e, claro, a criação da parte original da trilha sonora, que trabalha sons de teclado bem parecidos com aqueles que ocupavam todo o longa de 1977.

 

O-Labirinto-do-Fauno4

 

  • O Labirinto do Fauno (2006)

Apesar de priorizar filmes da década de 80 para conseguir transmitir o clima da época, a parte visual também possui muitas referências sutis a longas bem mais recentes. Eu tenho quase certeza que O Labirinto do Fauno, que se passa na década de 40, e o belíssimo design de monstros de Guillermo Del Toro serviram de inspiração para a criação visual do vilão da trama, do portal que o traz para a Terra e logicamente da sua “casa”. Vai dizer que não lembra nem um pouquinho?

 

maxresdefault (24)

 

  • Super 8 (2011) e Deixe-me Entrar (2010)

Esses são outros filmes recentes que com certeza inspiraram os roteiristas na construção de certos momentos, principalmente as relações entre os amigos e no amadurecimento das crianças. Considerando que os diretores J.J Abrams e Matt Reeves já admitiram ter usado os longas do titio Spielberg como inspiração para os seus longas, não tem nada mais justo do que serem referenciados de volta. Inclusive, Deixe-me Entrar também é focado em uma relação muito próxima entre um garoto solitário e uma menina com poderes que o defende do bullying na escola. Encontrou a relação?

 

THE HOBBIT: THE DESOLATION OF SMAUG

 

  • O Hobbit e Senhor dos Anéis

Os livros de fantasia escritos por J.R.R. Tolkien também influenciou várias gerações e produtos, incluindo o tal Dungeons & Dragons que já marcou presença aqui. Considerando isso, tais obras não poderiam ficar de fora do roteiro e marcam presença em uma ótima discussão nerd sobre a localização da Floresta Negra no segundo episódio de Stranger Things.

 

bambi

 

  • Bambi (1942)

As animações da Disney também tem seu espaço, sendo citadas duas vezes seguidas na primeira vez que Nancy e Jonathan saem para caçar a criatura que está aterrorizando a cidade. Ele fala que chorou depois de matar um coelho aos 8 anos por ser fã do Tambor (o fiel amigo do protagonista) e, logo depois, precisa tomar a decisão de matar um cervo que tinha sido atropelado, afinal ele não tem mais idade para chorar pelo Bambi.

 

STNDBYME-CTIT-1

 

  • Stephen King

Stranger Things é, acima de tudo, uma história de terror, logo não poderia deixar de buscar algumas inspirações nas obras de Stephen King. Inclusive, o autor, que já fazia sucesso na época, chega a ser citado, mas algumas de obras, como Black House, The Langoliers e Carrie, tem muita importância aqui. A principal delas é o conto The Body que, além de dar origem ao ótimo filme Conta Comigo (1986), também dá nome ao quarto episódio da série e reflete muito bem a relação de amadurecimento vivida pelos garotos nos trilhos de trem. Ficou faltando o “Here’s Johnny”, mas vai me dizer que não tem um pouquinho de O Iluminado naquela cena em que Winona Ryder quebra a parede com um machado?

 

clube-dos-cinco-foto-06

 

  • John Hughes

O diretor e roteirista responsável por marcar época com sue retrato dos jovens em Curtindo a Vida Adoidado (1986) e Clube dos Cinco (1985) também é uma grande inspiração para o roteiro e a direção de Stranger Things. O ensino médio, a escolha da faculdade, as festas escondidas e outros elementos essenciais desse tipo de filme ocupa bastante espaço de tela, sempre remetendo ao trabalho de Hughes de alguma forma.

 

The-Thing-1982

 

  • THX 1138 (1971), Alien: O Oitavo Passageiro (1979) e O Enigma de Outro Mundo (1982)

Junto com todos os outros filmes que são amplamente reverenciados durante os oito episódios, os Irmãos Duffer também reutilizam um pouquinho da maneira como esses três filmes filmavam o mistério para criar o seu clima de suspense e terror. Os cortes, a trilha sonora, os jumpscares e os movimentos de câmera mostram que George Lucas, Ridley Scott e John Carpenter marcaram história com seus trabalho. Inclusive, o próprio O Enigma de Outro Mundo também dá as caras em um pôster no porão de Mike.

 

MW-DN685_Jaws_0_ZG_20150609130159

 

  • Evil Dead (1981), Tubarão (1975), Michael Myers e afins

Para finalizar, a série é cheia de pequenas citações e referências que não se repetem com frequência ou tem grande importância no decorrer da trama. Dentro desse aspecto, além do pôster do clássico de John Carpenter, também temos pôsteres de Tubarão (olha o Spielberg de novo) e Evil Dead, uma comparação com Michael Myers (o assassino de Halloween) e convites para assistir o longa A Chance no cinema, deixando claro que ele é estrelado pelo mesmo Tom Cruise que tinha arrasado corações adolescentes em Negócio Arriscado.