AODISSEIA
Games

Especial BGS 2017: 2º Dia

Acabamos com as crianças em Injustice, maldonamos em Forza Motorsport 7 e sentimos o cheiro de Kojima!

13 de outubro de 2017 - 13:03 - Tiago Soares

Sendo o primeiro dia aberto ao público, a BGS estava lotada neste feriado do dia 12 e era possível sentir o clima dos apaixonados por games. Aliás, um elogio que devo fazer a feira é o uso inteligente do espaço. Stands mais afastados – estrategicamente montados – dão total liberdade e é possível andar livremente sem ser esbarrado em filas indianas. Apesar de estar mais lotado que o primeiro dia, as filas não estavam tão grandes, até nos jogos mais concorridos.

 

Forza Motorsport 7

Ontem foi o dia de conferir o novo Forza Motosport e a experiência não poderia ter sido mais vergonhosa, já que joguei no volante e pedais, o que nunca tinha acontecido. A sensação de realismo é imediata e eu como um péssimo motorista me sai bastante mal. Aliás, quem poder dar uma passada no stand das Casas Bahia, ele está bem divertido e tem as presenças dos youtubers Ed Gama (o melhor imitador do Faustão do Brasil e Mundo) e Marcos Castro.

 

Hideo Kojima

Também foi o dia de Hideo Kojima estar no palco principal da BGS. O gênio recebeu o prêmio Life Achievement Award, das mãos do fã Roberto Cascaes Cardoso visivelmente emocionado. Kojima foi simpático e respondeu perguntas enviados dos fãs em um painel extremamente lotado. Disse que seu jogo favorito era Mario Bros. e que sem ele não estaria aonde está e pediu para que os desenvolvedores de games nunca desistam e continuem criando.

 

Injustice 2


Também foi o dia de conferir Injustice 2. O novo game de luta entre super-heróis e vilões estava disponível com a maior parte dos personagens adicionais. Com direção de Ed Boon, Injustice está melhor do que nunca, as lutas são dinâmicas e os cenários ainda mais vivos.

Joguei com Raiden de Mortal Kombat, um dos últimos personagens adicionados e seu modo de lutar, apesar de estratégico, é apelativo e até necessário na luta contra heróis/vilões. Mas o que me deixou impressionado foi o especial do Flash que um garoto de 10 anos usava contra mim, como era dia das crianças deixei ele vencer.

Na segunda partida fui de Nuclear, e o herói usa bem seus poderes de rajadas de fogo e voo. Essa luta contra o capuz vermelho venci facilmente, com ressalvas.

 


 

Dica BGS 1: A Acer disponibilizou um onibus que realiza o trajeto gratuito de ida e volta até a BGS. Ele sai do metrô Portuguesa-Tiete, do lado oposto ao Terminal Rodoviário e na volta sai de frente ao Expo Center Norte.

Dica BGS 2: A Uber tem um stand repleto de desafios que valem desconto, uma boa pedida na volta pra casa. E caso seja sua primeira viagem, use o código BGS2017.

 


Fiquem ligados nas redes sociais do Odisseia e não percam nada da Brasil Game Show 2017:

Instagram: @aodisseia

Twitter: @odisseia_site